Open Zipper

Abra o Zipper: Baixo Desejo Sexual 

  

Ao pensarmos nocomportamento sexual, podemos levantar várias questões que são comuns a todos nós. Será que existe um padrão correto para expressarmos a nossa sexualidade? Até onde é saudável? Será que tenho algum problema por sentir tanta vontade de fazer sexo?Muitas pessoas se sentem mal ao acharem que determinadas vontades e pensamentos relacionados à sexualidade não deveriam existir, pois não são “normais”. Tais pensamentos normalmente geram angústia, desconforto e culpa. Porém, dentro do universo de comportamentos do ser humano, falar de regras do que é certo ou errado, adequado ou não, é muito complexo, pois esbarraria em crenças, cultura, religião, moral.Existem diversas maneiras para expressarmos o nosso desejo sexual. Algumas pessoas têm diminuição do desejo sexual, outras são indiferentes, outras acham que a sexualidade é muito importante, e por isso vivenciam a sexualidade frequentemente. Existem aqueles que fazem sexo não necessariamente com o intuito sexual. Tais pessoas apresentem o que chamamos de comportamento compulsivo sexual ou hipererosia. Uma das características dessas pessoas é a necessidade de sempre fantasiar algo relacionado à sexualidade. Esses pensamentos são constantes, a pessoa sente-se inquieta, e isso a impede de fazer outras coisas importantes de maneira dedicada, concentrada e coerente. Seu tempo lhe parece curto, pois ela deixa de fazer coisas importantes para fantasiar ou mesmo para vivenciar esses desejos. Dificilmente essa pessoa consegue se concentrar em algo que não seja relacionada ao sexo. 

 

De acordo com Rodrigues Jr. (1998), os pressupostos para dizer que a pessoa apresenta o comportamento sexual compulsivo, dependem de características de personalidade específicas. 

Essas pessoas apresentam características como:
• Ter pensamentos ou atos compulsivos recorrentes;
• Ter pensamentos obsessivos – idéias, imagens ou impulsos que entram na mente do indivíduo repentinamente e de forma estereotipadas, são angustiantes, e a pessoa não consegue resistir a elas;
• Ter atos ou rituais – comportamentos estereotipados que se repetem muitas vezes, não são agradáveis e são vistos como preventivos de algo improvável;
• Essas manifestações ocorrem em conjunto com ansiedade e depressão. 

Essas características variam de pessoa para pessoa, dependendo do quanto se está envolvido nesses pensamentos automáticos e da estrutura de cada um. 

Tais aspectos psicológicos apontam para a patologia denominada comportamento compulsivo sexual. Porém, e claro, isso não é tão simples assim, pois existem muitas questões que vão influenciar e necessariamente precisam ser avaliadas. Não basta a pessoa se identificar com algum desses aspectos ou simplesmente ignorar, achando que não tenha nenhuma ligação com ela, que estará resolvido. Uma vez que existe a suspeita, é muito importante buscar ajuda especializada para uma avaliação. 

A compulsão sexual e o modo de pensar 

A maneira de se pensar dessas pessoas é distorcida. Na maioria das vezes elas não admitem ter esse problema, e por isso não buscam ajuda. Pois seus comprometimentos emocionais os impedem de tomar providências para modificarem-se, pois seus mecanismos de pensamentos e comportamentos não mudam. E são pessoas que estão em nosso meio, que trabalham, estudam e tem suas relações sociais aparentemente “normais”. 

Para essas pessoas, é muito difícil admitir que precisam de ajuda profissional. Elas só procurarão ajuda quando, por causa do comportamento compulsivo sexual, graves prejuízos acontecerem. Normalmente a tendência é achar que conseguirão sair dessa situação sozinhos, ou então, pensarem que ainda não chegaram ao “fundo do poço”, e por isso não precisam tratar. 

Origem 

Não existe apenas uma origem. O ser humano é muito complexo, e diversos fatores podem contribuir. O ambiente em que a pessoa se desenvolve pode ser um facilitador, mas não determinante do desenvolvimento do comportamento compulsivo sexual. Mas sim, a própria pessoa que desenvolve mecanismos de pensamentos, as quais, com um ambiente facilitador esse comportamento é desenvolvido. Um exemplo de ambiente familiar facilitador, é aquele onde se valoriza muito a fala e ou ações sexuais exageradas, bem como a maneira de pensar compulsivamente. 

Tratamento 

O tratamento psicoterapêutico é extremamente eficaz para aqueles que aceitam a idéia de que estão com dificuldades, que sozinhos dificilmente conseguirão resolver esse problema.
Dentro da Psicologia, a abordagem que tem mostrado melhores resultados para tratar esse problema é a Comportamental Cognitivo. 

http://www.pailegal.net/psisex.asp?rvTextoId=-90074302 

______________________________________________

Abra o Zipper: Nem adianta esconder, sua cueca dedura quem você é

  

As mulheres adoram esse jogo de adivinha, some pontos a seu favor

   

Se você pensa que as mulheres não estão nem aí para a cueca que você usa, está muito enganado. Elas não só reparam, como comentam com as amigas e saem por aí interpretando a sua personalidade com base, simplesmente, naquela peça de roupa minúscula que você, muitas vezes, compra no supermercado junto com latas de cerveja, azeitonas e pasta de dente. Surpreso? Pois não deveria, tendo em vista a própria divisão feminina de lingeries. Vá lá conferir, a gaveta de lingeries dela está separada em peças de casa, do dia-a-dia e das investidas para matar. 

Esses detalhes não escapam mais sequer às figurinistas das novelas. “Quando fiz Mateus, em Belíssima, só usava cueca boxer vermelha , afirma o ator Cauã Raymond. Mas, no íntimo, não uso. Prefiro as do mesmo estilo, mas brancas”. 

A peça pode, inclusive, ser usada como arma de sedução. “Quando conheci meu namorado, fiquei vidrada pelo visual moderninho, com um pedaço da cueca aparecendo embaixo da calça” , conta a publicitária Denise Moscatto. No último dia dos namorados, ele ganhou um kit de samba-canção dela. Portanto, tire da cabeça a idéia de que escolher cuecas descoladas é coisa de boiola. Siga as dicas da consultora e produtora de moda Fernanda Prats e acerte no seu modelo. 

Sunga Você faz o chamado estilo basicão , mais low profile. Não gosta muito de arriscar, nem de aparecer e às vezes fica um pouco acomodado. Prefere co8BE93_1nforto ao estilo e tem uma certa resistência a mudanças e novidades. Normalmente, os homens que usam este modelo tradicional, também conhecido por slip, são bem novinhos ou mais velhos. Mas também tem muito jovem desencanado que compra esse modelo porque acostumou e nem pensa em dar uma variada. É um tipo de cueca que costuma vestir bem e ser confortável.
Mesmo tendo versões em tecidos diferentes do algodão, não deixa de fazer o estilo básico em geral vem em cores neutras como branco, bege e azul marinho, algo feito para não chamar muito a atenção. Quando o cara é jovem e usa esse modelo, sempre pergunto se foi a mamãe quem comprou. Os mais velhos às vezes aparecem com algo diferente, uma cor mais acesa por exemplo , entrega Fernanda. Ou seja, se este é o caso, dê uma variada e vá você mesmo comprar as suas cuecas! 

 Samba-canção Seu charme tem um quê de old fashibrad-pitton e, com certeza, não lhe falta personalidade. Você se importa com estilo, mas não costuma seguir modismos e se sente à vontade com seu corpo, mesmo que tenha descuidado um pouco da barriguinha. Quem prefere este modelo de cueca sabe que até as lisas têm seu charme mas há quem prefira as coloridas e estampadas. 

Elas são boas opções tanto para os enxutos quanto para quem tem barriga saliente, fazendo uma espécie de transição entre os volumes da parte de cima e de baixo do corpo, desde que o elástico não esteja apertado demais. Quanto ao conforto, há controvérsias: Muitos homens estão acostumadíssimos à liberdade que elas proporcionam, no entanto alguns reclamam que elas se embolam por baixo das calças. , conta a consultora de moda. 

Boxer Definitivamente, você não tem vergonha do seu corpo, ao contrário, 276415_1gosta de mostrar o físico e de ser admirado. Cheio de estilo, você não abre mão do conforto desde que ele venha com um design interessante. Sedutor, você é um conquistador de primeira, mas também sabe fazer aquele ar blasé sempre que necessário. 

Só cuidado para não exagerar, passando uma imagem superficial e narcisista demais.  A cueca preferida dos modelos é a versão boxer, em preto. Discreta, valoriza os corpos sarados e a mulherada prefere. A maioria dos homens jovens também. Alguns ainda gostam de exibir o elástico com a marca da cueca por aí, apesar dessa atitude ser considerada cafona por quem entende de moda. Essa obsessão por marcas foi importada dos rappers, junto aos correntões e brincos de brilhantes nas duas orelhas. , revela Fernanda Prats. Se você não pretende sair rimando por aí, troque seu modelo de boxer o mais rápido possível. Uma dica: as boxers de tecidos tecnológicos e sem costura estão em alta. 

Tangão Ou você ainda está perdido nos anos 70, na época em que o Gabeiratravis_undie ia à praia de tanga, ou então gosta mesmo de um toque exótico no guarda-roupa. Quem usa os tipos mais modernosos de cueca, como as slips com as laterais bem finas ou até o fio-dental, não está nem aí para o que os outros pensam. 

De personalidade forte, impõe suas vontades e, se a parceira não concordar, arruma outra que concorde. A moda não costuma olhar estes modelos com bons olhos, mas você não liga para essas coisas, não é mesmo? Então use e aproveite. Até porque, independente do modelo preferido, o importante é que o cara use sempre uma limpinha e bem conservada – sem furos ou elásticos frouxos que fazem volumes estranhos nas pernas ou no bumbum! , ensina Fernanda. 

http://www.minhavida.com.br/materias/esporte/Nem+adianta+esconder44+sua+cueca+dedura+quem+voce+e.mv 

 

________________________________________________________________

Abra o Zipper: Para de mentir, tamanho não é documento

penis_size

Quem nunca questionou se o tamanho do pênis é normal que atire a primeira pedra. Afinal, esta é uma das grandes dúvidas que cercam a sexualidade masculina. Seja na adolescência ou mesmo na fase adulta, ao menos uma vez esta “nuvem negra” rondou a cabeça de um homem.

Certamente, uma das causas desta questão é a extrema preocupação que eles têm em relação ao bom desempenho na cama e o medo de “o amigo” deixá-los na mão. Outro fator que os deixam inseguros quanto aos “centímetros a menos” é a supervalorização do órgão sexual masculino, que acontece desde muito cedo, ainda quando garotos.

O urologista Cláudio Ambrogin diz que a média do pênis do brasileiro, quando ereto, é de 14,5cm com circunferência em torno de 2,5cm. “Um pênis é considerado normal se estiver entre 10,5 e 17,5cm de comprimento quando ereto. Menor que isso já pode ser considerado micropênis”, diz.

“A causa de um micropênis está relacionada a uma deficiência hormonal”, explica Ambrogin. Apesar disso, homens com pênis muito pequenos podem ter uma vida sexual absolutamente satisfatória. “Até quem tem micropênis pode ter relação e satisfazer a mulher, já que o mais importante para o prazer da parceira é a espessura”, afirma o especialista.

Isso significa que tamanho definitivamente não conta na hora de dar prazer à mulher. “Para um bom desempenho sexual do homem não é o tamanho do pênis que faz a diferença, mas sim as preliminares”, afirma o urologista Carlos Augusto Cruz de Araújo.

Além disso, ambos os especialistas não recomendam cirurgias que prometem aumentar o pênis, uma vez que elas não são reconhecidas pela Sociedade Brasileira de Urologia. “Não há como aumentar o pênis, além de haver a possibilidade de complicações cirúrgicas”, diz Araújo. Ou seja, o risco é muito grande para pouco benefício.

http://www.terra.com.br/sexo/infograficos/manualdopenis/tamanho.htm

   

_____________________________________________

CURSO
Filosofia
NOVAS FORMAS DA SEXUALIDADE
O Sexo Pós-ModernoLuiz Felipe Pondé
Mais informações: http://www.casadosaber.com.br/curso.php?cid=1233#

_____________________________________________

ABRA O ZIPPER: Técnicas para evitar a ejaculação precoce

   

 

  

 

Casal

(Antes de continuar e se ainda não o fez deve ler a 1ª parte deste artigo : Causas da ejaculação precoce.)  

Antes de mais deve compreender o que acontece com o seu corpo na altura da ejaculação. O orgasmo masculino consiste em duas fases: a primeira fase começa na glândula da próstata, que envolve a uretra que se posiciona em formato de círculo acima da base do pénis. A glândula da próstata contrai-se e liberta fluidos, juntamente com os conteúdos da vesícula seminal, para a uretra. A segunda fase ocorre quando o músculo pélvico se contrai fortemente à volta do períneo, forçando o fluido para fora com uma pressão considerável. Os homens devem estar cientes que é possível ejacular sem ter um orgasmo e vice-versa (orgasmo seco); o orgasmo é algo mental e a ejaculação é algo físico.  

Tratamento

A boa notícia é que este problema é altamente tratável, desde que o homem esteja disposto a pedir ajuda, investindo o tempo e o esforço necessário.  

O primeiro passo para eliminar e ejaculação precoce é ficar mais familiar consigo. Esteja confortável com o seu corpo, perceba quais as sensações e sensibilidades que o levam ao orgasmo. Deve aprender e ser capaz de predizer quando o orgasmo irá ocorrer. Isto prevenirá a surpresa de ter um orgasmo sem contar. Isto ajudará a perceber o que é necessário para evitar atingir aquele ponto em já não há retorno possível.  

Respire

Muitas pessoas não estão cientes, mas um respirar adequado ajuda a desenvolver um controlo sobre a ejaculação. Isto acontece porque fazendo algumas respirações profundas irá ajuda-lo a relaxar e acalmar a tensão sexual que leva à ejaculação precoce. Pratique as inspirações e expirações profundas e relaxe todo o corpo.  

Comunicação

A comunicação é outra das chaves essenciais a ter em conta para ter sexo de longa duração. Deixe a sua parceira saber quando estiver quase a ejacular e sobre o que você consegue ou não aguentar. Isto envolve a verbalização, pois actos não verbais são muitas vezes mal interpretados. Palavras como”Para”, ”Aguenta” ou “Mais” são escolhas óbvias e palavras curtas e significativas também são aceitáveis.  

Ansiedade

Outra causa da ejaculação precoce é a ansiedade, medo ou desconforto com a parceira. A ejaculação precoce é menos provável de acontecer quando os casais se conhecem bem, e se sentem confortáveis um com o outro. E se ambos os casais estiverem num local relaxado sem problemas com a contracepção.  

Muitos homens na segunda relação sexual consecutiva, conseguem durar mais tempo que na primeira. Por isso talvez esta prática possa ser incorporada no seu ritual sexual. Se a primeira vez é curta, continue a excitar a sua parceira, com algum sexo oral, ou estimulação manual, mantendo-a excitada até que esteja pronto para uma segunda vez.  

Cremes

Cremes que diminuem a sensibilidade sentida pelo homem durante a relação sexual, são uma opção para contornar este problema, pois permitem a relação sexual durar mais tempo. Este gel é aplicado na ponta do pénis pouco antes de começar o coito. O único problema é que alguns homens acham o acto sexual menos estimulante pois são diminuídas as sensações físicas. Este gel também pode provocar reacções alérgicas na parceira.  

Preservativos

Os preservativos também reduzem a sensibilidade, logo a estimulação durante o coito sexual. Muitos homens sentem que o preservativo lhes permite prolongar mais a relação sexual, pois diminui a sensibilidade. Para além desta vantagem, os preservativos previnem doenças sexualmente transmissíveis e não causam irritação na vagina da parceira. Estes preservativos retardantes, contém benzocaína dentro deles, que funciona como base dos cremes que retiram a sensibilidade.  

Posição sexual

O tipo de posição sexual também determina e afecta a capacidade de duração da relação sexual. A posição de missionário (homem por baixo e mulher por cima) é considerada a melhor posição para controlar a ejaculação. Contudo todos os homens são diferentes, mas em geral acham sempre mais difícil controlar a ejaculação quando a parceira está numa posição de controlo. Mas como também depende de cada um, experimente diversas posições de acordo com que o faz sentir melhor.  

Técnica do aperto

Esta técnica pode ser praticada com a sua parceira, usando a mão ou boca da sua parceira ou mesmo sozinho. Irá requerer experimentação e erro, pois poderá passar o ponto de retorno acidentalmente. Este método ajuda na maioria dos casos de ejaculação precoce, desde que ambos os parceiros estejam dispostos a cooperar. Apertando os dedos no pénis diminui o desejo de atingir o clímax. Deve praticar este método durante algumas semanas para que consiga controlar a ejaculação.  

  1. Inicie a sua actividade sexual como usualmente, incluindo a estimulação do pénis, até se sentir quase pronto para a ejaculação.
  2. Peça à sua parceira para apertar a ponta do seu pénis (faça uma espécie de argola com o dedo polegar e com os dedos indicador e do meio), no local onde a glande (cabeça) se une ao copo do pénis e mantenha este aperto durante cerca de 10 a 20 segundos, até a vontade de ejacular passar.
  3. Depois de passar a vontade e deixar de apertar o pénis, espere cerca de 30 segundos, e passado este tempo volte a tentar chegar à ejaculação. Notará que quando apertar o pénis ele se tornará menos erecto; mas mal começar a estimulação sexual de novo, o seu pénis voltará a ganhar uma nova erecção.
  4. Mal se sentir prestes a ejacular de novo, peça à sua parceira para repetir o processo de aperto, apertando o seu pénis firmemente entre o dedo polegar e os outros dois dedos.

Repetindo este processo as vezes necessárias, poderá chegar ao ponto de penetrar a sua parceira sem ejacular. Depois de algumas sessões de prática, o sentimento de saber como retardar a ejaculação poderá tornar-se um hábito e não necessitará de recorrer à técnica do aperto.  

Treinar os músculos pélvicos

Músculos pélvicos bem desenvolvidos permitem um melhor controlo, e dão a consciência do que se passa na região adjacente. Os músculos pélvicos mais baixos são os usados para parar e iniciar o processo de urinar. Contraia estes músculos durante 4 segundos, e relaxe-os por 4 segundos, repita isto dez vezes. Pode fazer isto em qualquer altura e em qualquer lugar. Eventualmente conseguirá fazer cerca de 100 por dia com 10 segundos cada contracção.  

Método Pára/Começa

Um homem pode crer que um “homem verdadeiro”deve dar sempre prazer a uma mulher. Este tipo de pensamento não só está errado como é prejudicial. O método Pára/Começa foca-se em redireccionar o tipo de pensamento que leva à ejaculação precoce. O método Pára/Começa pretende alterar este tipo de comportamento, o homem é encorajado a masturbar-se usando a técnica de stop/arranque para ganhar mais controlo sobre as suas respostas e a sua urgência em ejacular demasiado rápido.  

Técnica:  

  • Masturbe-se sozinho;
  • Deixe algum tempo disponível, para se masturbar com as mãos secas;
  • Volte a masturbar-se quase até ao ponto da ejaculação e depois pare;
  • Deve fazer isto 3 vezes;
  • Á quarta vez, é-lhe permitido ejacular.

   

Depois de ter alcançado esta medida de controlo, pode tentar masturbar-se com a mão húmida, pois irá sentir mais como o interior da vagina.  

Diminuir a pressão sexual

Muitos homens que sofrem de ejaculação precoce sentem-se frustrados e muitas vezes envergonhados. Falar com um médico, ou um terapeuta sexual é sempre uma boa ideia, pois ajuda a determinar a causa do problema que pode ser física ou psicológica.  

Enquanto experimenta algumas opções de tratamentos, considere retirar a pressão do lado sexual do seu relacionamento. Alguns médicos recomendam evitar o coito durante algum tempo e em vez disso usar outro tipo partilha de prazer físico e afectivo em vez do coito em si. Muitas mulheres gostam da penetração, mas também sentem grande prazer nos preliminares, preferindo muitas vezes a estimulação manual ou oral à própria penetração. Fazer uma ligação desta maneira ajudará a restabelecer um elo físico sexual com o parceiro. Retirando a ênfase do coito, pode retirar a preocupação de ejacular cedo demais – e pode ajudar a criar a fundação para uma relação sexual mais satisfatória.  

Pensamento

A ejaculação precoce pode ser controlada com paciência, esforço e conhecimento. Informe-se; este deve ser o primeiro passo a dar. Depois de reconhecer o problema, está a meio caminho da sua superação. Superar o problema, mental e fisicamente é muito mais fácil quando ambos os parceiros estão envolvidos, com pleno conhecimento sobre a situação e abertos para falar sobre ele.  

Fonte: http://cromossomay.com/artigos/tecnicas-para-evitar-ejaculacao-precoce  

 

________________________________________

   

ABRE O ZIPPER 12 técnicas de masturbação para o homem

   

 

masturbacao

Como todos já sabemos que a masturbação não faz crescer cabelos nas palmas das mãos, nem nos faz ficar ceguinhos, já não temos motivos para não a praticarmos! Também sabemos que por vezes um homem quer ter algum prazer sozinho, sem ter de recorrer a um acto de sedução. Para isso existem algumas técnicas diferentes de masturbação masculina. Isto não implica uma atitude de masturbação compulsiva, ou eliminar outra pessoa da vida. Mas de vez em quando…  

  1. Maçaneta da porta

Coloque lubrificante na palma da sua mão e logo que tenha o seu pénis erecto rode a palma da sua mão na ponta do seu pénis como se estivesse a abrir uma maçaneta de uma porta, depois rode no sentido contrário, alterne os movimentos rotativos.  

  1. Toque-toque

Masturbe-se normalmente sem tocar na cabeça do seu pénis, quando a cabeça estiver bem dura e vermelha, estimule-a suavemente com a ponta dos seus dedos até conseguir a ejaculação.  

  1. Anéis

Coloque lubrificante em ambas as mãos. Junte os dedos de uma mão (polegar e indicador) e forme um anel. Coloque este anel no fundo do seu pénis. Deslize este anel para cima até à glande (onde começa a cabeça do pénis). Nesse momento forme outro anel igual com os dedos na sua outra mão e faça a mesma coisa. Faça movimentos com um anel de cada vez até atingir o clímax.  

  1. Fogueira

Coloque as suas mãos esticadas e viradas uma para a outra com o seu pénis no meio das duas. Comece a rodar o seu pénis como se fosse um pau de madeira ao qual deseja pegar fogo. Continue suavemente para não provocar mesmo fogo!  

  1. Pegar neles

Da próxima vez que estiver a masturbar-se e sentir que está prestes a ejacular, coloque a sua outra mão sobre o seu escroto e suavemente aperte e puxe-o para baixo. Desta maneira sentirá o sémen a percorrer o seu corpo.  

  1. Pancadinha

Embora convenha ter um pénis sensível para esta técnica funcionar, pode sempre experimentar. Mantenha a sua roupa interior vestida e o pénis erecto. Mal sinta que está na sua maior erecção, e sobre a roupa interior dê pancadinhas na ponta do seu pénis com as pontas dos seus dedos. Usualmente leva mais tempo a atingir o clímax, mas quando o conseguir… oh sim!  

  1. Mão querida

De pé, vire a sua mão lubrificada para si de maneira a que os seus dedos se encontrem virados para a sua barriga. Coloque o seu pénis contra a sua barriga e cubra-o com a mão; em vez de movimentar a sua mão, deixe-a estática, enquanto movimenta a sua pélvis para que o seu pénis entre e saia na sua mão. É uma maneira parecida com o penetrar de uma vagina, ou quase…  

  1. Gelado

Na altura em que se está prestes a ejacular, pegue em alguns cubos de gelo ou mesmo gelo picado na mão que não está a usar. A diferença de temperatura entre as duas mãos na altura da ejaculação levará a uma experiência entre as Caraíbas e o Pólo Norte.  

  1. Plástica

Pegue num saco de plástico, e coloque bastante vaselina dentro dele. Coloque o seu pénis erecto dentro do saco, e cubra-o todo de vaselina. De seguida com o seu pénis ainda dentro do saco, coloque o saco entre o seu colchão e uma almofada, e fazendo peso na almofada com as mãos, faça movimentos até ao orgasmo!  

  1. Twist

Esta técnica requer um pouco de prática. Coloque algum lubrificante nas suas mãos. Faça um anel com os dedos (polegar e dedo do meio), coloque-o na base do seu pénis e faça alguma pressão para baixo, mantendo a mão assim até ao final. Com a outra mão à volta do seu pénis, movimente-a para cima e para baixo, mas com um movimento twist (rotativo); ou seja desça rodando a mão para a direita e suba rodando para esquerda, adeqúe os movimentos à intensidade que desejar, até à ejaculação.  

  1. Paragem

Enquanto se masturba usualmente com uma mão, pare de vez em quando e com a mão disponível faça um anel com os seus dedos (polegar e dedo do meio), coloque o anel à voltado pénis e faça um pouco de força e aperte, depois continue normalmente a masturbação, fazendo pausas destas até ao clímax.  

  1. Ritmix

Com uma mão faça um movimento descendeste da cabeça do pénis até à base. Quando chegar à base largue o pénis, faça o mesmo com a outra mão, uma e outra vez, alternando as mãos com algum ritmo.  

_______________________________________________________________________________
ABRE O ZIPPER: Posições sexuais para o sexo anal
 sexo-anal
 

A primeira parte já está, já conversou com a sua parceira, e já decidiram experimentar o mundo do sexo anal. Decidiram aumentar o vosso universo sexual com a adição do sexo anal à vida sexual. Agora falta um pouco de adaptação, o sexo anal é um pouco mais limitativo nas posições sexuais possíveis. Mas nada de preocupação! Existem algumas possibilidades….

Notas importantes:

Certifique-se que a sua parceira está relaxada e segura deste novo passo na vossa vida íntima.  

É importante ter em mente que ao iniciar o sexo anal, não vai poder alternar entre a vagina e o ânus. O ânus contém bactérias que podem causar grandes infecções na vagina. Por isso, mesmo que brinque com os dedos no ânus, ou com o pénis, jamais deve de seguida colocá-lo em contacto com a vagina! Para poder alternar entre o ânus e a vagina deverá utilizar preservativos e muda-los sempre que mudar o local da penetração.   

É também de extrema importância que quando estiver a penetrar o ânus de uma mulher, siga as indicações dela, e o faça suavemente, de acordo com as instruções que a mulher lhe vai dando. É importante que a mulher esteja relaxada para que a penetração seja algo de agradável. Lembre-se que a segurança vem sempre em primeiro lugar embora o sexo anal não engravide, é transmissor de doenças sexualmente transmissíveis (DST’s).   

E nada de fazer uma entrada “em grande”, prepare o corpo da mulher, faça-lhe carícias, estimule o seu clítoris, beije-a, massaje as nádegas e os seios, relaxe-a e excite-a.  

Estas posições são válidas quer para o sexo anal quer para o vaginal, e agora as diferentes entradas:  

Agachada

Deite-se de costas na cama e coloque a sua parceira sobre si como se ela o fosse montar. Mas em vez dela se colocar sobre os joelhos, ela agacha-se e ajuda a colocar o seu pénis dentro dela. Mantenha as pernas da sua companheira afastadas o mais possível, podendo ver o seu pénis a entrar e a sair.  

Cadeira deitada

Esta posição é especialmente ideal para poder acariciar o clítoris da sua parceira enquanto a penetra. Na cama deite-se de lado, e coloque a sua parceira de costas para si. Dobre as suas pernas em 90º empurrando as da sua pareceria. Levante a perna da sua parceira que não está apoiada, e penetre-a, ela pode continuar a manter a perna em cima enquanto você a satisfaz duplamente, acariciando-lhe o clítoris, enquanto a penetra.  

Aperto

A mulher deita-se de barriga para baixo, as pernas abertas e os pés levantados no ar. Coloque-se em cima dela (entre as pernas da mulher), mas mantenha o seu troco levantado, colocando as suas mãos ao lado do tronco da mulher. Depois da penetração peça à sua parceira para apertara as coxas. Tente usar lentas e longas penetrações para um prazer maior.  

Mangueira

A mulher inclina-se sobre uma cadeira, pousando os cotovelos. Enquanto você se coloca por detrás dela, coloque uma mão na cadeira e outra na anca da sua companheira. Levante uma das pernas dela e coloque-a acima da sua anca. Está na altura de a penetrar. Lembre-se que levantar mais ou menos a perna da sua parceira faz com que o ângulo da penetração mude.  

Dobradinha

A mulher está de pé e de costas para si, você irá usar as suas mãos como apoio para se inclinar sobre ela e sobre uma mesa. Penetre-a enquanto coloca o seu peito encostado às suas costas (sem fazer peso), ou só colocar as suas mãos na cintura dela. A mulher pode colocar-se em bicos de pés e controlar a penetração, ou para se adaptar à sua altura.   

Joelhos no peito

Esta é uma boa posição para a primeira relação de sexo anal. A mulher deita-se de costas e coloca uma almofada por debaixo das nádegas. Você coloca-se de joelhos e pega nas pernas da sua companheira e coloca-as junto ao seu peito (dobradas ou não), penetrando-a enquanto ela vai controlando a penetração com as pernas no seu peito.   

Cão

A mulher fica de 4 em posição de cão. Você coloca-se atrás dela, coloca as suas mãos na cintura dela e levanta-a de maneira a que ela consiga colocar as pernas dela na parte de trás das suas coxas. Enquanto a penetra, ela pode usar os pés para controlar a penetração, mais ou menos profunda.  

 
 
……………………………………………………………..
 
ABRE O ZIPPER: Como depilar os genitais – homem

   

lamina de barbear

Pois é, fazer a depilação aos genitais fá-los parecer maiores, criando uma performance mais confiante; para além de que, as mulheres agradecem… Toca lá a aparar esses pêlos!  

Passsos para a remoção dos pêlos:

  1. Com bastante CUIDADO, apare os pelos púbicos com uma tesoura. Corte-os o mais curto possível.
  2. Tome um banho quente. Isto permitirá amaciar o pelo, deixando-o mais fácil de barbear.
  3. Espalhe creme de barbear próprio para peles sensíveis na área a depilar. Evite cremes à base de mentol, ou cremes com fragrâncias muito fortes que irritem a pele.
  4. Usem uma lâmina nova, e cortem o pêlo da área, com movimentos suaves e delicados.
    • Muito do pêlo que cresce entre a zona do estômago e a zona do pénis, cresce na vertical. Puxe o pénis para baixo, barbeie com movimentos ascendentes do topo do pénis até à zona do umbigo.
    • Segurando o pénis para o lado, corte o pêlo, barbeie na parte próxima do pénis e do escroto.
    • Segurando o pénis para cima, barbeiem o pelo com a lâmina, com movimentos de cima para baixo até à zona baixa do escroto.
    • A zona do escroto é extremamente fácil de depilar se a pele estiver esticada. Depile desde o meio para os lados, com muito cuidado.
  5. Lave a área usando sabão suave.

   

Notas importantes:

  • É mais fácil fazer a depilação se o pénis estiver erecto, pois a pele está mais esticada.
  • Repare na direcção do crescimento do pêlo, a última passagem da lâmina deve de ser na direcção oposta ao crescimento do pêlo.
  • Saiba que é normal acontecer alguma irritação quando o pêlo volta a crescer, provocando alguma comichão, mas depois de ter feito a depilação diversas vezes, o corpo habitua-se e esta comichão desaparece.
  • Não se depile antes de fazer exercício. Não só o suor irrita a área, mas também o movimento de fricção que decorre da corrida, irrita a área também.
  • Repare em alguma protuberância dolorosa que possa existir depois da depilação. Isto pode ser um pelo encravado. Não é nada preocupante, mas deve de ser examinado por um médico para prevenir uma futura infecção, e certificar-se que não é nenhuma DST.
  • Evite usar uma máquina de barbear, especialmente na zona do escroto, a pele desta área é fina e solta podendo ser apanhada pela máquina, sendo a experiência muito dolorosa. Adicionalmente evite depilar-se abaixo do centro do lado inferior do pénis e no centro do escroto.

http://cromossomay.com/artigos/como-depilar-os-genitais-homem  

   

___________________________________________________________________________________________  

   

ABRA O ZIPPER PARA O SEXO ORAL: guia prático sem blá blá blá…  

   

sexo-oral1  

   

O mais importante em relação à mulher é prepará-la. É muito difícil encontrar uma mulher que de cara em 10 minutos já esteja pronta para a penetração, gostando disso tanto quanto você, principalmente, se for a primeira vez que vão para cama.  

 A maioria das mulheres é tímida, no que diz respeito a seus corpos. Mesmo que você tenha a mulher a mais maravilhosa do mundo na cama com você, ela irá se preocupar com o que você acha do corpo dela. Diga-lhe que é bonito, diga-lhe que partes você gosta mais (de verdade), mesmo enquanto ainda estiverem tirando as roupas.  

 Chegando lá – o lá, é lá mesmo, na fenda, pois o lado de fora dos grandes lábios e a púbis (triângulo) ainda fazem parte do percurso e da aproximação perigosa – bom, chegando lá, o primeiro lugar que irá tocar é a entrada da vagina, por um simples motivo, você tem que verificar se ela está molhada, você não pode tocá-la se estiver seca.  

A maioria das mulheres quando excitadas produzem um líquido que serve para lubrificar a área genital para não haver atrito, pois é desagradável.   

 Existem quatro coisas que você não pode esquecer:  

1 – Mantenha sua língua sempre umedecida para deslizar e não entrar em atrito.  

2- Mantenha sua língua mais relaxada, maleável, não a endureça, ela terá que se moldar às formas da sua mulher. Se quiser fazer ponta (na língua) estique-a (colocando para fora) não a endureça.  

3- Cuidado com os dentes  

4- Cuidado com a barba. Se estiver aquela barba por fazer então, faça, pois imagine essa lixa na cabeça do seu pênis, pois é, as mulheres são mais sensíveis ainda.  

Agora use sua língua para separar seus os grandes lábios(se já não estiverem abertos, claro) que se grudam aos pequenos lábios e fecham ao incharem pela excitação, e depois os pequenos lábios (idem/idem), movimente sua língua para cima e para baixo entre as camadas.  

A grande excitação que sente, deve fazer com que com que ela instintivamente feche as pernas. Segure-as, pois a um certo ponto, ela vai começar a se mexer anunciado a aproximação de seu orgasmo – a maioria das mulheres jogam o quadril para frente e para cima quando estão gozando – quando você sentir que ele está preste a gozar, faça um O com seus lábios e coloque o clitóris em sua boca (cuidado com os dentes) e comece a chupar levemente passando a língua.  

Quando ela estiver gozando, vá com ela. Se ela levantar o quadril no ar com a tensão de seu orgasmo (95% das mulheres fazem isso), mova-se com ela, não a impeça de se movimentar, acompanhe o movimento. Mantenha sua boca quente em seu clitóris. Não a deixe ir.  

Se ela começar a gemer e gritar: ‘ Não pare! ‘ Há uma razão para isso, é que a maioria dos homens para logo depois que a mulher tem o primeiro orgasmo e algumas mulheres podem ter 2, 3, 4, … orgasmos, seguidos ou com alguns segundos ou minutos de intervalo.  

   

   

http://irresistivel.wordpress.com/2008/04/29/homens-dicas-de-sexo-oral-em-mulheres/  

________________________________________________________________________________________  

ABRA O ZIPPER: MODA INDIANA, SEXO TÂNTRICO NA PARADA
sexo-tantrico1
Manual do Sexo Tântrico: carícias
Nada de ejaculação precoce nem pressa: o sexo tântrico busca o prazer máximo e duradouro com os cinco sentidos. Se você quer experimentar o chamado hiperorgasmo, tome nota na dica abaixo e nas dicas no quadro ao lado!

Carícias  

Uma relação sexual comum dura por volta de 15 minutos. O sexo tântrico deve durar ao menos duas horas. Caso dure menos de uma hora, é considerado ejaculação precoce. O sexo tântrico tem uma duração mínima, mas não uma máxima: quanto mais tempo durar, mais prazer proporcionará. O tantra encoraja o homem a fazer com que sua companheira se sinta divina.  

Sem dúvida, os norte-americanos não praticam o sexo tântrico: 70% deles ejaculam apenas dois minutos depois da penetração. O sexo tântrico tem como proposta exatamente o contrário: evitar a penetração rápida e brusca, para que a ejaculação não seja o único motivo da relação sexual.  

O sexo tântrico leva em conta que nossa pele possui cerca de 600 mil pontos de sensibilidade. A ejaculação é considerada um desperdício de energia vital e por isso deve-se aprender a adiá-la.  

Começando  

Faz parte do ritual tântrico iniciar o sexo com uma contemplação e adoração mútuas, com palavras doces e carícias, fazendo amor com os olhos bem abertos, sem dispersão ou agressividade, sem pressa e com sentimento.  

Depois das carícias tântricas, o passo a seguir é o sexo tântrico, cujo objetivo principal é prolongar a excitação sexual do casal.  

O pênis do homem deve penetrar a vagina de sua companheira, mas apenas cerca de dois centímetros e meio. O homem mantém o pênis dentro um minuto, depois o retira e o descansa sobre o prepúcio do clitóris da companheira antes de voltar a penetrar.  

Esse jogo deve ser mantido por cerca de vinte minutos, quando se iniciam as dez posições básicas do sexo tântrico. Essas devem ser executadas seguidamente ao longo de duas horas.  

Devem ser alternadas por descansos e pausas para que o casal descanse, a ereção se distensione e os corpos reponham forças bebendo ou comendo algo leve.  

As posições  

Depois da introdução, o sexo tântrico começa com o casal sentado, os dois levemente inclinados para trás e se apoiando o peso nos braços. A penetração é lenta e os movimentos pélvicos circulares.  

A seguir acontece a penetração profunda. A mulher deve abrir bastante as pernas, quase em forma de V. Compensando o esforço físico anterior, o sexo segue com o casal sentado, cara a cara, os corpos erguidos e as pernas entrelaçadas. É uma postura para abraçar-se, acariciar-se e deixar que circulem os sentimentos.  

A postura clássica do missionário é a quarta etapa. O homem deve procurar a todo momento retardar e refrear sua ejaculação, porque a quinta etapa o levará a uma postura mais cômoda: com o homem deitado, a mulher se senta agachada sobre ele em plenitude completa, ambos unidos pelas mãos, fazendo movimentos pélvicos circulares.  

Um momento de descanso  

A sexta posição é uma variação da anterior: o homem coloca algum apoio (almofadas) sob as costas, nos quais pode apoiar-se. Assim, a mulher pode mostrar-lhe seu corpo e oferecer-lhe seus seios para que ele os beije.  

O sétimo passo obriga ambos a se olharem nos olhos e a deter a marcha da relação. É um passo difícil, mas é obrigatório para conservar a energia até o final. Para isso, uma postura clássica com o homem recostado sobre ela é o ideal.  

Depois do instante de relaxamento, a oitava etapa coloca o homem em cima, por trás da mulher, ambos estirados, com penetrações profundas.  

O nono momento é o das tesouras. É uma postura atípica, na qual ela recebe quase de costas, passando uma perna sobre a cintura do parceiro, que a penetra profundamente, entrelaçando os corpos. É o prelúdio da última postura: ele está semi-incorporado e ela e se senta sobre ele, dando-lhe as costas e deixando-se penetrar suavemente enquanto ele lhe acaricia os seios e beija o pescoço.  

Todas as etapas do sexo tântrico foram cumpridas e a excitação dos amantes é absoluta. Este é o momento de viver algo difícil de narrar: o hiperorgasmo.  

sexo-tantrico-ii1
sexo-tantrico-iii2
sexo-tantrico-iv2
sexo-tantrico-ix1
sexo-tantrico-v2
sexo-tantrico-vi1
sexo-tantrico-vii1
sexo-tantrico-viii1

   

http://www.gsmin.com/forum/archive/index.php/t-294.html  

ABRA O ZIPPER COM BRINQUEDOS SEXUAIS  

brinquedos20copy  

Brinquedos Sexuais são objetos utilizados para induzir uma resposta sexual. O vibrador, por exemplo, pode ser considerado simplesmente como um massageador íntimo.  

Ao adquirir um brinquedo sexual, lembre-se que é uma descoberta. É comum ansiedade, e isso se inicia já na compra. Não se preocupe, pois você irá descobri-lo aos poucos. Alguns chamarão mais sua atenção, outros serão mais baratos. Não compre logo de cara, conheça as opções das outras lojas. Namore seu brinquedo!  

Não existe uma regra para iniciar o uso, existem pessoas que preferem descobrir sozinhas e não compartilham. Já outras, compartilham depois de descobrir. Mas existem também pessoas que compartilham sua descoberta com seu parceiro (a) desde o começo. Você escolhe: compartilhar e descobrir, tudo depende da intimidade!  

Brinque e convide sua parceria para participar de algumas brincadeiras.  

Lembrem-se, cada brinquedo tem uma forma de funcionar, cuidado para não se machucar. Por exemplo, os vibradores, dependendo de sua intensidade, se colocado diretamente no clitóris, pode gerar desconforto. Você pode estimular as laterais, ou utilizar uma toalha por cima para diminuir sua intensidade.  

http://www.kamasutra.blog.br/2007/01/16/o-que-sao-brinquedos-sexuais-vibradores-e-afins/

____________________

ABRE O ZIPPER PARA A CONHECER A MULHER

cavalieri-1

Por que algumas mulheres têm dificuldade em atingir o orgasmo através da penetração vaginal, atingindo-o somente com a estimulação clitoriana?

 

Dr. Xavier Conesa
……
A genitalidade feminina, assim como a masculina, é mais sensível a medida que se “distancia” do nosso corpo. Isso equivale a dizer que para os homens há uma sensibilidade maior na ponta do pênis, e vai diminuindo a medida que se aproxima da raiz do mesmo, ocorrendo igualmente com as mulheres.

……As ramificações nervosas encarregadas do prazer feminino, situam-se principalmente no clitóris (parte mais externa), e vão perdendo sensibilidade à medida que se aproximam do interior da vagina. Digamos que “quanto mais interno”, menor a sensibilidade e “quanto mais externo”, maior a sensibilidade.

……A sexualidade feminina é muito mais complexa que a masculina. Evidentemente, a pergunta de um milhão de dólares é: “Por que as mulheres desejam a penetração, se com a estimulação clitorial desfrutam mais?” Aqui intervém a subjetividade de cada mulher, “necessito senti-lo dentro”, responderam. A penetração, tem sobre as mulheres um componente afetivo / emocional de difícil compreensão para os homens.

……Com freqüência tem se relacionado a carência de orgasmo vaginal com a imaturidade, mas cada vez mais psicólogos não concordam com esse aspecto.

Existem explicações neurológicas para a falta de sensibilidade vaginal: trata-se de um problema de sensibilidade nas ramificações nervosas. Há ainda outras explicações psicológicas ligadas à aprendizagem do prazer, além de explicações mais profundas, mas inconscientemente ligadas à subjetividade de cada mulher.

……Certamente a porcentagem de mulheres que não conseguem o prazer orgásmico através da penetração é altíssimo, sem que isto tenha que ser visto necessariamente como um problema. A sexualidade é, quem sabe, o item mais peculiar da conduta humana, onde não há normas nem pautas.

……Finalmente, muitas mulheres relatam que o orgasmo via vaginal é possível na medida que ocorra por sua vez, a fricção do clitóris.

(*) Dr. Xavier Conesa é formado em Psicologia e Sexologia pela Universidade de Barcelona. Diretor do “Centro Psicológico y de Especialidades” de Barcelona na Espanha. Este seu artigo foi publicado no saudenainternet.com.br.

http://www.mulherdeclasse.com.br/sexualidade_feminina.htm  

________________________________________

   

ABRE O ZIPPER PARA AS PRELIMINARES preliminaresA principio ela é banalizada na relação, mas se pararmos para refletir iremos perceber que ela é a chave para obter uma relação de sucesso. Pois são as preliminares que levam a excitação do casal, tal excitação que irá levá-los ao sexo. Geralmente as pessoas encontram mais prazer nas preliminares do o ato sexual em si.

   

Aprenda a excitar uma mulher

   

Comece acariciando os cabelos de sua parceira, beije-a nas orelhas, passe pela nuca e vá descendo até os seios. Beije-os, acaricie-os vagarosamente, dê leves apertões. Com a ponta da língua lamba ao redor dos mamilos e depois os chupe, como se estivesse mamando e dê suaves mordas.

Passe levemente as pontas dos dedos no abdome abaixo do umbigo fazendo de conta que irá tocar a vagina, mas não a toque, agora prossiga indo para as pernas fazendo caricias e beijando-as e em seguida massageia o clitóris de sua parceira levando ela a excitação.

Aprenda a excitar um homem

A mulher deve fazer as mesmas coisas que o homem, beija-o de forma carinhosa faça caricias na região do pênis, beije todo o abdome de seu parceiro a nuca e seria interessante você fazer uma massagem sensual em seu parceiro. Caso seja do consenso do casal pratique o sexo oral em suas preliminares.

       

Curtir isso:

2 Comentários

  1. tenho candidiase e sempre tomo redios e passo creme , sar por um periodo mas sempre volta . minha namorada tambem toma os remedios e aplica as pomadas mas nunca conseguimos sarar de vez.
    alguem tem uma dica ou sabe o porque disso

  2. Faça banho de assento com água fervida em uma bacia com 2 colheres de sopa de vinagre por 7 dias…


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: